O Problema da Alimentação Saudável para o Ser Humano

O homem ao longo do tempo adquiriu capacidades de aproveitar-se de quase tudo existente na natureza para se alimentar.

De várias origens, frutos, flores, sementes, caules, folhas, raízes, algas, fungos, ovos de peixes ou de aves e corpos inanimados de animais, sem esquecermos de leite humano e animal, bem como sal e alguns minerais, têm constituído e constituem até hoje fontes de alimentação humana.

Mas será que o nosso organismo tolera qualquer tipo de alimento sem efeitos secundários, ainda que a longo termo? O fato é que muitos estudos indicam intolerância de alguns humanos aos tipos de alimentos que nunca poderíamos se quer questionar o seu carácter recomendável, como é o caso de leite, farinha de trigo e muitos outros alimentos. Daí que é preciso conhecermos alimentos que são recomendáveis e os que não o são sob pena de criarmos situações de saúde futura indesejável e desta forma podermos resolver o problema da alimentação saudável para o ser humano.

Alimento recomendável ao ser humano

É recomendável que qualquer alimento para ser humano deva contribuir para a sua nutrição e para conservar a saúde evitando possíveis doenças. A teoria evolucionista do surgimento do homem não é uma consequência acidental e imprevista do acaso, senão o homem gozaria de boa saúde, desfrutando de qualquer tipo de alimento, num processo de adaptação gradual, a medida que o australopitecos se transformasse até dar origem ao homo sapiens.

Na realidade, quer tenhamos crença quer não, o ser humano foi criado pela Inteligência Divina, o que pressupõe haver determinados alimentos criados especialmente para o seu bom funcionamento fisiológico, dentre os legumes, os frutos das árvores, as verduras e hortaliças, etc. Com efeito, está provado que o homem não pode prescindir de certos alimentos, como é o caso das frutas, verduras e hortaliças frescas, porquanto qualquer dieta não lhe pode proporcionar uma vida saudável.

Os alimentos bem escolhidos e utilizados, podem curar, aliviar e prevenir muitos transtornos e doenças, porquanto, além de nutrientes, proporcionam ao ser humano substâncias de acção curativa e preventiva.